3 ANOS DE SAUDADES

 

Peço perdão a Deus, pelo não entendimento, pelas palavras errôneas pelas quais pronunciei.

Pois ando na fé e no intuito de servir somente a ti Senhor. O amor verdadeiro é sempre invisível, nunca pode ser visto tocado, saboreado ou cheirado e, por isso, é inatingível pelos sentidos humanos. Aquelas flores que levo ate a ti são apenas flores, o sentido que elas têm somente o meu coração sabe.  Meus sentimentos são regados pela força do poder espiritual, a mente tem o poder de filtrar somente a esperança de que não será para sempre, o mesmo caminho percorrido por você eu hei de percorrer também, pois todos nós um dia voltaremos para casa do Pai. Quando o poder espiritual for finalmente compreendido, haveremos finalmente entendido que amor cura qualquer ferida.

Chego um momento em que os amortecedores deixam de ser eficazes, assim como a droga que gera tolerância e cujas doses precisam ser cada vez maiores para se obter o efeito desejado. Nesse caso os efeitos colaterais começam a ficar insuportáveis, e o risco de uma overdose se torna iminente.  Muitas vezes, é necessário chegarmos a esse nível de sofrimento para que, através de um impulso de vida, encontremos as forças necessárias para a transformação.

A vida se tornou um fardo pesado de carregar. Eu estava impedindo que sua energia chagasse até a mim. Esse bloqueio de energia, realmente muda a química do cérebro. O amor é a própria seiva da vida.

Hoje a vida se tornou mais leve, já consigo embarcar numa jornada mais suave, te levando comigo no coração e na alma, novos desafios que nos leva do céu a terra, do esquecimento a lembranças, do estado adormecimento ao estado de consciência desperta. Uma jornada que nos revela os infinitos desdobramentos do amor, esse poder que nos habita, nos move e nos liberta.

Qualquer momento de nossa experiência terrena, nós podemos compreender o retorno à casa do Pai. Te entrego e confio que Deus vai nos honrar.

 

PROMESSA DE RESTAURAÇÃO

Assim voltarão os resgatados do Senhor e virão a Sião com Júbilo, e perpétua alegria lhes coroará a cabeça. Isaías 51:

Senhor, estou  diante de te suplicando pela tua misericórdia em minha vida, rendo te meu Pai, sei que o caminha é longo mas cada dia sinto-me fortalecida e segura diante de tua benção, sou o milagre vivo, pois diante te um anjo soprou ao meu ouvido e me manteve  de pé. Pelas tuas mãos Senhor, minha consciência foi resgatada e fortalecida .

Quais mudanças acontecem em uma vida de fé após severa provações? Pensei nisso enquanto revia minha história, uma trágica tragédia mudou minha vida, nada mais poderia ser  igual, me transformei e fui buscar forças onde não existia. Percebi que somente Deus poderia dar-me esperança, honrar a Deus para  seguir o  propósito mediante da  fé.

Fui passear com a Cadela,deparei com uma amiga no qual sua filha se chama Kamila… como foi difícil pronunciar seu nome! recompus minhas forças. Sou agradecida pela garantia que podemos ter de que estaremos com Jesus após morrermos, se tivermos confiado nele para perdoar nossos pecados. É um privilégio compartilhar essa esperança com a maior quantidade possível de pessoas. A vida de fé não se limita apenas em demonstrarmos o nosso lado bom. Envolve expor o nosso lado sombrio à luz de Cristo por meio da confissão a Deus e aos outros também. Dessa maneira podemos receber a cura e viver na liberdade do perdão – JAL

 

Angústia de viver o luto na Pandemia

 

Fico diante do computador sem saber o que escrever, vontade de vomitar tudo que está engasgado, o nó na garganta que entala,  realidade que se faz presente no meu dia a dia sufocando minha vida.  Quero meu mundo de volta!… essa vida não é a minha, quero ser feliz, esse vazio angustiante não me pertence. Imagine… que tudo que você aprendeu sobre sua vida e sobre você nada corresponde em quase nada a realidade. Hoje sua vida é um trem desgovernado. Vivo improvisando situações, tentando sobreviver no caos dos acontecimentos. Aceito tudo o que minha vida me apresenta em cada momento. Liberto-me do sentimento de vítima e assumo o meu poder de criar o novo… Mas, não foi  isso que planejei. Reescrevo a história da minha vida inspirada no amor que sinto pela minha filha. Uso da criatividade e permito trazer para minha realidade o Deus vivo criador de tudo e de todos.

840 DIAS DE SAUDADES

 

                                      A voz silenciosa é o poder, em vez de verbalizarmos orações a Deus, fiquemos recolhidos no silêncio dentro de nós mesmos.

Expressar meus sentimentos já não basta eu sinto uma ausência tão grande e tento buscar nesse vazio o amor que inunda minha vida. A conexão que une dois corpos e duas almas, o pensamento fixo e constante que tenho e a conversa com Deus que transmite meu amor, me da certeza de que posso ser forte e agradecer o socorro divino que recebo. Uma ferida que  não cicatriza!

Readaptar a uma nova vida, sair de uma doença gravíssima que no início parece ser incurável… Uma dor que parece sair do corpo e se torna invisível e nos faz sentir um extraterrestre.

Sucumbi ou sobreviver? Optei pela segunda alternativa. Sozinha não conseguiria. Procurei uma psicanalista que me orientou a transformar a ausência numa presença. Chorava várias vezes ao dia por pelo ao menos dois anos. Revesti minha angústia em gratidão e comecei a dá sentido a vida, tomar rédea de minha história e recomeçar com a certeza de que, aí de cima você cuida de mim.

SER MÃE

 

 É TER O PODER DE RESIGNAÇÃO, é ter a capacidade de ouvir o silencia no abraço da saudade. È ter o invisível e sentir o ego ser massageado pelo amor. Serei sempre mãe da memória, sentir a necessidade de uma criança e reconhecer no choro a falta de um aconchego, do carinho, da proteção e do colo, para acalentar sua dor. Meus braços estarão sempre abertos para acolher os filhos desprotegidos e carentes de amor e atenção.

Conheci o poder absoluto da proteção, o amor incondicional, a felicidade que brota do nada, a alegria de saber que mesmo na ausência física ainda estamos unidas pelos laços eternos do poder espiritual. Hoje, direi simplesmente que te amarei eternamente filha.

A porta que não abre mais

 

 

 

Estou sentada no sofá de frente pra porta, imagino seu sorriso e o gemido  da Phoebe… Disfarço e olho novamente como se do nada fosse acontecer um milagre, sua mochila pesada, casaco amarrado na cintura e celular na mão, dizendo: Mãe cheguei tá boa? Meus braços pareciam curtos para o tamanho do abraço… Aquele cheiro que só você tinha, vai ficando pra traz, sua voz já não soa com nitidez como antes. Aquele fricassê virou marca registrada para as datas de encontros para celebrarmos sua memória.

Hoje não tive como mandar celebrar missa, o mundo mudou algo terrível está acontecendo com a humanidade, até os programas de televisão são os mesmos que assistíamos só que a graça já não existe. Faço os mesmos comentários com a Larissa, repito inúmeras vezes seu nome. Hoje, logo cedo quando acordei, o café estava pronto e fui logo comentando: Minha filha gostava disso, Larissa! Ou se o assunto fosse namoro eu já te colocava lá em cima, com ela era assim, não dava mole pra ninguém, podia sofrer mais não ia atrás. A Larissa fica encantada com o seu passado, falei pra ela namorar um amigo seu, aquele melhor amigo do seu ex. Seus amigos não me abandonaram, estão por perto sempre que preciso.

Estou mais tranquila, e sinto que você também está bem, nossa conexão está sendo trabalhada pelos anjos protetores porque somos três em uma só pessoa: Eu, Você e o Espírito Santo. Amém

PASSARAM SE DOIS ANOS

 

Dormi e acordei em um pesadelo interminável, sua ausência me dá a certeza de que é real, a minha incapacidade de administrar essa nova vida, esta cada dia mais intensa a certeza da caminhada sem rumo, sem perspectiva. Por algum segundo, traço uma meta e no minuto seguinte já estou sem direção.

Paro na minha insignificância, e vejo o tamanho de minha infelicidade, dou arrancada e no próximo passo estou direção.

Como eu queria ser resiliente, ter forças para rever seus vídeos, áudios ou até mesmo suas marras com a Phoebe. Seu celular é algo intocável pra mim… Não consigo olhar mas também não sai da minha mente.  Seria como sentar no sofá e começar a falar com você, é um amor sem volta é andar na luz de olhos fechados para imaginação tocar em você. Fico em silêncio e ouço tua voz cantando, água do chuveiro caindo e você me chamando: Mãe, esqueci , traz a toalha!

Em algum momento terei que refazer minha vida, mas a hora ainda não chegou… O momento de Deus não é o meu, o coração ainda chora sem cessar sentindo sua falta, as lembranças são recentes, o inacreditável bate minha porta, entra sem pedir licença e permanece em minha mente.

O amor que sinto por você não muda, são cactos do deserto, é girassol e tempestade é alimento para minha alma.

Tapo os ouvidos para não ouvir outra voz, fecho os olhos para ter você bem próxima a mim e só assim a vida vai achando brechas e tomando um rumo paralelo ao nosso. Por aqui, a vida continua…

 

 

 

COMO SE FOSSE ONTEM

 

                                        

 

Minha alma está em pedaços, já se passaram um ano e nove meses e continuo estagnada na dor, vivendo o último dia de nossas vidas como se fosse ontem, isso mesmo, ainda não saí do lugar, meu coração continua te amando e minha mente só anda em tua direção. Meus dias se tornaram tristes, toda viagem que faço, só me leva a você. O Mar, cada onda que vinha em minha direção eu via teus cabelos esvoaçantes andando contra o vento, cada Camelô que passava eu sentia que você queria comprar algo… como posso te esquecer se minha vida era você! Ainda consigo escutar tuas palavras e ver teu sorriso, sinto teu cheiro até no banheiro, te vejo sentada na cama escovando o cabelo, reclamando do calor ou pedindo: mãe liga o ar! É, um amor com essa intensidade eu desconheço.  Quem mandou ter um sorriso tão perfeito e tão manhosa como era pra hoje consumir toda minha alegria… Sinto toda gratidão por Deus ter te colocado em minha vida e ter permitido que eu fosse sua mãe e você minha  filha.

Espero que esteja descansando em paz e que em outro plano da existência nos voltemos a encontrar. Eu não sou nada sem você, estou perdida em pensamentos. Preciso de um abraço seu, oro todas as noites, suplicando a Deus que permita uma conexão em sonho com você e matar essa saudade que invade meu peito e consome meus dias.

Isso mesmo, meu amor só aumenta, a saudade nem te falo… Sim, vou fazer aquela viagem que havíamos planejado. Te amo tanto!

 

TENTANDO RECOMEÇAR

dia 18 de todos os meses, tem sido o símbolo de minha tristeza, data indesejável, o dia começa e  eu já penso na regressão das horas, dos minutos e segundos… meu coração parece saltar do peito. Foi exatamente as onze horas e vinte e sete minutos que cheguei no hospital. Alguém me diz que o médico quer falar comigo, vou ao seu encontro,  pergunto pela minha filha se ainda está no centro cirúrgico e o médico responde: pois é,  Ela teve duas paradas cardíacas…eu insisto em perguntar como ela está e ele não respondeu mais… nesse instante, suplico para que tire minha vida pois não viverei sem ela…  meu corpo flutua, sinto que estou suspensa no ar, minha cabeça toca no teto, peço que me segure no chão e duas pessoas se aproximam de mim e tentam aplicar um soro. minha visão está escura, alguém fala bem baixinho em meu ouvido: não tem mais jeito, já  aconteceu. Saio pra fora do hospital, vejo uma multidão de pessoas vestidas de pretos e nesse instante faço xixi ali mesmo, começo a vomitar. Três moças me amparam e tentam me consolar dizendo que ela já havia cumprido sua missão na terra… o desespero toma conta de mim, não consigo entrar novamente no hospital para ver minha filha, recusava aceitar o ocorrido, me acovardei e não tive coragem de vê-la.  Eu havia acabado de chegar de viagem, quando vi a quantidade de gente que estavam ali em função do ocorrido, conclui que tudo havia acontecido bem mais cedo. Ninguém sabia que era minha filha única! eu lhes disse que não viveria sem ela… quando Deus veio e fez o milagre de me deixar viver.

Aos poucos vou contando minha história, preciso escrever para aliviar minha dor, sei que milhares de mães sofrem e talvez minha dor, pode ajudar a amenizar a sua, vamos nos ajudar, essa foi a forma que encontrei para amenizar a minha.

Sobrevivi mais esse dia.

 

A DOR QUE SANGRA

 

Sangra como um corte profundo na veia horta, passa o dia, passa a noite e na madrugada sangra mais e mais até adormecer de tanta dor…você aparece de mansinho para acalmar  meu desespero e quando acordo você continua vagando no meu pensamento. Deus tem sido meu eterno companheiro, em menos de 24 horas solicito sua presença umas cinquenta vezes para que não me deixe só. Penso em alguém que estimaria está comigo e sinto sua presença vindo em minha direção  com um largo sorriso dizendo: Saudade mãe!  Não sei se é pecado, não sei se te prejudico, só sei que esse amor é maior do que  eu…não tenho competência para administrar esse alvoroço de sentimentos, só sei que não planejei viver sem você.

Reconheço que viver sem alegria tem sido uma das tarefas dura de  suportar,  tudo é incerto, até mesmo a certeza de que ainda nos veremos tem judiado demais de mim…Não  viemos a esse mundo com bula de como sobreviver um furacão onde só você sobrevive . As lembranças não ajudam a curar feridas, abro o armário elas brotam me apunhalando, a mochila com seus objetos é a dor mais doída de suportar. Tenho trocado psicólogo por amigos, só que eles vão embora e a  vibe continua, e você tá ali quietinha no cantinho de minha mente esperando com qual sorriso ou piada vai contar. Eu fico vagando no passado, o presente prefiro não viver, pois tem sido tenebroso. As pessoas não saberão mais o que dizer para me incentivar, já deram tudo de se e eu, não saio do lugar… tento transparecer que tudo está bem, até vou ao salão, ao shopping, a academia e até em restaurante com som ao vivo onde só cantam música que parece com você. Prometo fazer um esforço maior ainda só para  você  orgulhar de mim. Te AMO MINHA FILHA.