Mãe que celebra memória de um filho

Sou mãe porque Deus me concedeu essa tarefa sublime e generosa, minha gratidão por ter permitido que eu desse a luz a uma princesa única que veio me iluminar, encher de felicidade minha vida e eternizar o meu mundo com a joia mais rara do universo.

Hoje você mora no céu, sinto sua energia me inspirando a falar de amor do seu amor por mim sinto sua presença em minha vida, me acalmando nas horas de angústias, acalentando meu choro provocado pelo vazio de sua ausência. Lembro-me quando você chegou a esse mundo sorrindo aos poucos quando ouviu minha voz… que missão mais linda!

Viver sem você não é viver, é apenas existir. A sua ausência física parece ser destruidora, causa uma dor insuportável, somente com muita fé e confiança em Deus para suportar. O tempo arrastará tudo… E só ficarão as lembranças. Quantas vezes acordei e me dei conta que para está de pé tinha uma força maior por trás disso, me sentia como se tivesse sendo carregada no colo de Deus literalmente. Deus sempre me amou cuidou de mim e esteve sempre comigo.

Uma mãe sente o amor com toda sua plenitude, é o maior dos amores e a mãe órfã todos os dias tem um desafio: amar sem ver e ser incompreendida por nunca deixar de amar.

Kamilla, minha filha, você vive aqui dentro de mim por toda eternidade.

26 comments

  1. Muito bela. Como são lindas suas palavras tia.Doem o coração em ouvir. A senhora é uma super mãe. Uma mulher abencoada por Deus, por ter uma capacidade de tirar belas poesias de tanto sofrimento. Palavra tua pura e verdadeira,tao bonitas e tao sofridas.uma Guerreira.

Deixe uma resposta para KbcxTOIT Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.