Ainda ouço sua voz

Não fique triste recebi seu abraço, senti seu perfume e ainda ouvi o sussurrar de sua voz falando no meu ouvido dizendo que me ama: feliz dia das mães pra mulher dona da porra toda.

Ser sua mãe é ter recebido título   de nobreza e ainda está sempre firme e forte para mais uma batalha logo cedo levantei e fui comprar pão, chegando lá me deparei com um gigantesco café da manhã oferecido as mães, som ao vivo e logo percebi que tocava sua música (Espumas ao  Vento) bem na hora em que dizia: Sei que ai dentro ainda mora um pedacinho de mim, um grande amor não se acaba assim feito espumas ao vento. Não aguentei fui aos prantos, tentei comer, quando coloquei o pão na boca ele inchou, aí me lembrei de que não sou uma mãe qualquer, sou a mãe da Kamilla… não engoli o pão naturalmente, soquei de goela a baixo. Jamais deixarei de  ser mãe!

O meu abraço especial as Mães Órfãs e a todas as mães que perderam seus filhos.

Fiquem com Deus e até breve.

113 comments

  1. Que linda sua história, sua força e vontade de querer está de pé e forte.Porque você tem um propósito muito maior.’ *Contribuir com milhares de pessoas, que não sabem ainda lidar com a dor*
    Parabéns por ser assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.